100%

Sessão Ordinária realizada no dia 26 de maio de 2014

Confira o que deu entrada, foi debatido e votado:
- Ofício Nº 89/2014 - da Prefeitura Municipal encaminhando Projeto de Lei Nº 19/2014, que autoriza a realização de Termo de Cessão de Uso de Imóvel entre o Município e o Estado de Santa Catarina. Depois de lido foi encaminhado para a análise da Comissão de Constituição e Finanças.
- Alteração de Lei Complementar - Projeto de Lei Complementar Nº 18/2014, que altera a Lei Complementar Nº 84/2013.  Depois de alguns comentários foi aprovado por unanimidade em segunda votação.
- Repasse Financeiro para a Apae de São Ludgero - Projeto de Lei Nº 15/2014, que autoriza a fazer termo de repasse financeiro a APAE de São Ludgero. Depois de alguns comentários foi aprovado por unanimidade em segunda votação.
- Aniversário de São Ludgero - Projeto de Lei Complementar Nº 16/2014, que autoriza realização de despesas com a comemoração do aniversário do Município. Depois de alguns comentários foi aprovado por unanimidade em segunda votação.
- Repasse Financeiro para a Associação Moto Clube Tribo da Trilha -  Projeto de Lei Nº 17/2014, que autoriza a fazer termo de repasse financeiro a Associação Moto Clube Tribo da Trilha. Depois de algumas discussões foi aprovado por unanimidade em primeira votação. Foi solicitada, pelo vereador Edemilson Daufenbach, e aprovada a quebra do interstício do Projeto de Lei Nº 17/2014. Em seguida o presidente colocou novamente em votação o Projeto de Lei Nº 17/2014, que autoriza a fazer termo de repasse financeiro a Associação Moto Clube Tribo da Trilha. Depois de algumas discussões foi aprovado por unanimidade em segunda votação.
- Repasse Financeiro para o CTG Beira Rio - Projeto de Lei Nº 18/2014, que autoriza a fazer termo de repasse financeiro ao CTG Beira Rio. Depois de algumas discussões foi aprovado por unanimidade em primeira votação. Foi solicitada, pelo vereador Edemilson Daufenbach, e aprovada a quebra do interstício do Projeto de Lei Nº 18/2014. Em seguida o presidente colocou novamente em votação o Projeto de Lei Nº 18/2014, que autoriza a fazer termo de repasse financeiro ao CTG Beira Rio. Depois de algumas discussões foi aprovado por unanimidade em segunda votação.
Saiba quem usou a tribuna e qual o assunto em evidência:
Vereador Rafael Vanz Borges (PSD) – Usou a tribuna da Câmara para comentar sobre o Projeto 19/2014 que trata da realização de um termo de cessão de uso de imóvel entre o Município e o Estado de Santa Catarina. Rafael esclareceu que o projeto refere-se a estrutura da Rodoviária Municipal que será transformada no quartel do Corpo de Bombeiros. Aproveitando o assunto fez questão de dar uma boa notícia. Disse que manteve contato com o Secretário da Cegero, Lupércio Becker, popular Lula, e obteve a informação de que o Conselho de Administração da Cegero decidiu comprar o Caminhão totalmente equipado para combater incêndios. Comentou que dias atrás tratou em tribuna sobre uma reunião ocorrida entre o Corpo de Bombeiros e a CDL de São Ludgero onde na ocasião foi dito que se o município conseguisse a aquisição do referido Caminhão viria para o quartel uma Ambulância totalmente equipada e mais um Veículo Utilitário, ambos zero km. Rafael enfatizou que após ter trazido para a tribuna a informação ela foi veiculada pela imprensa e chegou aos Conselheiros da Cegero. Disse que está muito feliz com a notícia recebida. Lembrou que dias atrás membros do Conselho da Cegero estiveram em Laguna e se reuniram com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina para tratar sobre o assunto. Rafael fez a observação de que pode demorar até seis meses para que o Caminhão fique pronto e que a previsão e que até início de dezembro já esteja a disposição da população. O vereador disse que o Conselho de Administração da Cegero está de parabéns pela decisão. Completou que graças ao investimento da Cegero o quartel de São Ludgero será inaugurado com uma frota de veículos totalmente nova, passando a ser um fato inédito em toda a região. Em aparte, o vereador Nilo Hobold, esclareceu que o Conselho de Administração da Cegero realizará uma Assembleia Geral Extraordinária para que os sócios deliberem sobre o assunto. Rafael finalizou dizendo que os sócios deverão aprovar a proposta do Conselho diante do grande benefício que trará para os sãoludgerenses.
Vereador Edemilson Daufenbach (PSD) – O vereador iniciou o uso da tribuna com um desabafo. Disse que a Casa Legislativa aprovou a criação de dois novos bairros e que ninguém dividiu o bairro Encosta do Sol. Explicou que antes do projeto ser elaborado e votado foi ouvido moradores, empresários e debatido com o prefeito municipal. Enfatizou que está muito chateado e ficou até irritado por saírem dizendo no bairro Encosta do Sol que o vereador Edemilson queria dividir o mesmo, bem como tirar a Igreja e o Centro Comunitário. Explicou que ninguém dividiu nada, apenas foi criado o bairro Jardins com localização ao lado esquerdo da Estrada Geral Morro do Cruzeiro, trecho que vai da antiga fecularia até a empresa Cruzeiro. Edemilson em tribuna fez questão de lembrar que na última legislatura, por muitas vezes, foi criticado por defender e lutar muito pelo bairro Encosta do Sol. Disse que foi ele que deu total apoio para iniciar a construção da Quadra de Futebol de Areia quando presidente em 2010 através de uma parceria do prefeito Gogo e posteriormente do prefeito Cláudio Becker. Acrescentou que além da Câmara de Vereadores e a Prefeitura Municipal a construção da Quadra teve participação significativa da Cegero. Ele aproveitou para lembrar, também, que foi ele que conseguiu o maior número de subvenções sociais para que fosse investido no bairro Encosta do Sol, através de forte parceria de José Nei Alberton Ascari. Disse que foi ele ainda que lutou para que fosse conseguido o termo de sessão de uso do terreno que hoje está sendo desfrutado por todos. Edemilson esclareceu que o que o deixa mais indignado é que quem disse tais mentiras foi eleito para defender o povo do bairro Encosta do Sol e deveria estar ocupando uma Cadeira na Câmara e não está. O vereador completou dizendo que várias pessoas do bairro o procuraram para questionar sobre que tipo de divisão seria. Edemilson agradeceu a preocupação das pessoas em procurá-lo. Disse que tudo já foi esclarecido. Reforçou em tribuna que jamais vai fazer algo para prejudicar o bairro Encosta do Sol. Pediu para que antes de falarem mentiras que buscassem a informação correta e pensassem um pouco mais. Dando continuidade o vereador Edemilson falou sobre o Condomínio Habitacional Aloísio Schlickmann e a viaje que fez a Brasília junto com o presidente Laudi da Silva, o vereador Jairo Luiz Borges e o Secretário da Câmara Amilton Becker. Disse que estiveram conversando com pessoas influentes do Ministério das Cidades e que já trouxe bons resultados como a informação repassada pela Patrícia através da Rádio Voz Livre que as 53 famílias deveriam fazer o recadastramento e levar novos documentos. Questionou se precisava toda a polêmica em relação ao assunto e até a tentativa de denegrir a imagem de quem quer o melhor para a população. Edemilson lembrou que quer acreditar que a atual administração quer o melhor para o povo sãoludgerense e não o contrário, ou seja, apenas fazer politicagem. Esclareceu que se tiver alguém pensando em fazer somente politicagem ou levar vantagem é lamentável. Em aparte, o vereador Rafael Vanz Borges, lembrou que as famílias pagarão até R$ 80,00 mensalmente. O vereador Edemilson fez questão de agradecer o Governador Raimundo Colombo por enviar para São Ludgero R$ 1,4 milhão através do Fundam para pavimentação. Lembrou que o Governador não está olhando questão partidária e beneficiando todos os municípios do estado. Disse que gostaria de ter estado presente no momento da assinatura do convênio e esclareceu que infelizmente os vereadores não foram convidados.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 19/08/2014 - 10:32:16 por: Amilton Becker - Alterado em: 19/08/2014 - 10:32:16 por: Amilton Becker

Boletins